Vivemos tempos estranhos. Viveremos tempos mais auspiciosos mesmo que as coisas tenham de piorar antes de melhorar. Haverá um mundo a construir após a pandemia. Grandes crises representam grandes perigos, mas também enormes oportunidades.