“Quase Famosos” mergulha profundamente no tempo em que o rock and roll reinava: uma época em que as hormonas saltavam, o amor doía mais, e as estrelas de rock eram deuses. “Honey, it’s all about drugs and promiscuous sex” refere a mãe de William.

Martin Scorsese é tido como o mais cinéfilo dos realizadores. Para além dos filmes, as suas paixões revelam-se ainda nos quinze documentários de que é autor. Muitos são sobre Nova Iorque, cidade onde cresceu. Outros são sobre a sua herança italiana, a admiração por Fellini e até pela moda, em parceria com Giorgio Armani, e também sobre música.

Uma Educação por Joana Gonçalves

Eu não percebo nada de cinema. Eu só gosto muito de cinema. E de ir ao cinema. Em casa, perde-se a magia. A imagem não é projectada do fundo da sala mas vem da televisão com cores berrantes. Há qualquer coisa de especial em comprar um bilhete e entrar numa sala escura para durante duas horas ingressarmos noutra realidade.