Editorial # 7

April is the cruelest month, disse o poeta. E neste ano de 2020 temos de lhe dar razão. Um inimigo invisível apoderou-se do nosso quotidiano.

Para muitos é tempo de estar confinado ao espaço da casa. Não é apenas, como por vezes, se ouve, ficar no sofá. É dizer adeus por tempo indeterminado a hábitos de anos. Para outros, ficar em casa não é uma possibilidade: o dever chama.

Pensámos esta edição da Epulata sob o signo da esperança. É também a edição que marca o nosso primeiro aniversário. O clima não é festivo, é certo. Mas temos a certeza de que melhores dias virão e dentro das nossas possibilidades seremos um contributo estimulante e positivo para quem nos dá a alegria de nos acompanhar.

Votos de Boa Saúde para todos e obrigada por estarem aí.

Carla Coelho e Filipa Gonçalves

(Hope, George Frederic Watts, 1886, Tate Britain)