Editorial # 4 Out./Nov. 2019

E assim, de mansinho, o Outono chegou. Para quem faz a Epulata, aos trabalhos habituais junta-se um novo desafio.

De que falar neste número da rentrée? Aceitar de braços abertos o novo tempo, retomando lutas e prazeres de sempre? É o que fazem o Luís Ramos (cujo texto deste número aborda um dos temas que lhe é mais caro, a pseudociência) e o João Baptista (com quem revisitamos o universo de Hildegarde Bingen, filósofa, compositora e mística da Idade Média). Ou será melhor tentar prolongar um pouco mais o espírito estival, com recurso à banda sonora dos dias de Pedro Faria? Ou será melhor solução procurar apoio na construção de outros mundos, afinal uma técnica milenar na história do pensamento ocidental retomada pela Carla Coelho e pela Joana Gonçalves?

De tudo isto se fará o nosso quarto número. Mas também de muito mais: de entrevistas a gente que faz rimar criatividade com responsabilidade social, de música, de livros, de filmes e peças de teatro e também, claro, dos vossos contributos que esperamos sempre com entusiasmo e gratidão.

Um excelente Outono para todos!

Carla Coelho e Filipa Gonçalves

Paisagem do Outono, Van Gogh (1885)